quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Uma Homenagem ao meu filho Rafael pelo seu 2º ano de vida!

Dança Materna

Ser mãe é também saber dançar!

Dançar seguindo o ritmo desta música que se chama filho,

Escutar sua melodia e saber interpretá-la com o coração

Os sons graves nos impulsionam a realizar os movimentos de força, respeito e limites enquanto, os sons mais agudos nos convidam a conduzirmos pela leveza, tranquilidade e intuição

Uma linda dança que expressa a mais sublime forma de amar. Contém diferentes cenas que compõem seus mais diversificados movimentos e interpretações corporais... ora ela encanta, faz sonhar, inspirar e acalmar, ora ela necessita de coragem e força para sustentar em seu corpo a bravura de movimentos firmes, secos e rígidos

Muitos são os espectadores e muitas são as opiniões, porém, todos são unânimes em reconhecer a beleza amorosa e acolhedora dessa dança, em meio a tantas nuances melódicas

Filho, que eu possa sempre continuar aprendendo a dançar com carinho e amor essa sublime música que se chama RAFAEL....

Deus te abençoe hoje e sempre!

bjs da MAMA




segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Ligação com a Mãe Terra


Na aula desta semana, entraremos em sintonia com com a energia da natureza, buscando a ligação com a Mãe Terra.

Ao som do Tambor afinaremos o nosso coração com o coração da Grande Mãe Gaia. Despertaremos a nossa energia individual e coletiva num lindo ritual de dança curativa.
Entraremos em contato com o nosso curador interno em cada batida, em cada movimento, em cada reflexão, exteriorizando as nossas emoções!

Cantaremos esse momento sagrado, tocaremos o sopro da alma, vibraremos para fora do corpo a expressão da alquimia da vida!
Você é meu convidado especial para este ritual.

Venham dançar, tocar e cantar ao som de tambores e músicas que nos levam para uma linda viagem interna...


Se quiser traga o seu tambor ou o seu instrumento de poder!
Abraços e até mais! Amanda

Aulas em Grupo
:
Segundas ás 18:30h na Rua cotoxó 321 - Perdizes - São Paulo Terças às 18:30 e às 20:15 na Rua Heitor Penteado 1470 - proximo ao metrô da Vila Madalena

Poesia à Mãe Terra

Repousa seus pés sobre mim

Sinta a firmeza do meu chão

Você está seguro aqui

Eu sou o seu lar

Já vi muitas coisas acontecerem

Tudo passa, mas eu permaneço

Sinta-se confortável, sinta-se em casa

Seja meu convidado de honra para
compartilhar comigo deste meu solo morno de final de tarde,
ou deste meu chão perfumado depois da chuva

Seja bem-vindo ao nosso lar.

Ocorreu um erro neste gadget