quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Anjo da Guarda...

Esses dias comprei um livrinho de mensagens (que eu adorooo!) e abri aleatoriamente numa página. Gostaria de compartilhar com vocês estas palavras que fizeram total conexão com meu momento e acredito servir para todos nós!!!!

Anjo da Guarda!

Muitas vezes nos sentimos sozinhos e abandonados, tendo que enfrentar batalhas tão assustadoras que nos fazem querer desistir ou nos esconder embaixo de um cobertor grosso e peludo, como fazíamos quando éramos crianças - e ficar lá, bem quietinhos, até que tudo passe.

Porém devemos sempre nos lembrar que existe uma força protetora amorosa querendo nos ajudar. Essa presença, muitas vezes, vem a você como uma sensação de paz que brota suavemente no fundo do seu coração. Ela comunica com você por meio da sua intuição, e também de modos mais concretos: livros que chegam até você, pessoas que inesperadamente chegam à sua vida quando você mais precisa, uma mensagem pela internet, um telefonema de um querido amigo.

O nosso anjo da guarda sempre nos oferece a abertura da visão, conforta o nosso coração e emana em sua direção toda a ajuda que você precisa para enfrentar os momentos difíceis de sua vida.

Você já sentiu seu anjo da guarda perto de você? Conte para nós deixando seu depoimento.

O meu chegou hoje por meio de uma mensagem trazida por uma querida amiga. Logo reconheci sua energia e suas belas e fortalecedoras palavras!

Estejamos em paz com nossos anjinhos ao nosso lado!!!

Deixo aqui uma pequena meditação:

Feche os olhos e visualize a chegada luminosa do seu Anjo da Guarda, um ser alado pleno de amor. Ele se aproxima com suavidade e ternura e você percebe que ele é dotado de uma enorme força espiritual. Permita que esse ser o envolva com suas longas asas brancas e sinta essas asas abraçando você de uma maneira suave e protetora. Sinta a maciez das suas asas e a maneira cálida como elas o acolhem e protegem. Permita-se ser confortado e receber esse abraço. Sinta-se em total segurança, envolvido pela luz e pelo amor desse ser. Fique neste abraço até que todo o medo, insegurança, desespero, ansiedade se dissolva e você sinta em paz. Então agradeça a esse ser alado e confie que ele continuará ao seu lado, amparando você nos dias que virão.

Texto extraído do livro - Jardim dos Anjos - Patrícia Gebrim



Abraços angelicais!
Boa Semana!
Amanda

Anjo da Guarda...

Dançar é ir ao encontro da sua Verdade

A verdade se encontra dentro de nós não vem de fora, embora assim pensamos e acreditamos muitas vezes. Em todos nós existe um centro secreto, onde a verdade reside em toda plenitude.

A verdade interior aparece quando estamos vazios, sem preconceitos. Ao nos desvincularmos dos julgamentos e das críticas, torna-se possível ver as coisas verdadeiramente reais.

Quando um imenso espaço silencioso se abre interiormente, podemos apreender a realidade sem a interferência de nossos padrões cristalizados, das nossas palavras vazias de sentido, do nosso ego.

A verdade não está nos livros, nos mestres ou nas escolas. Ela está unicamente no nosso espírito e em nosso coração: "Conhece-te a to mesmo".

Ser verdadeiro é ter pureza de pensamentos, de palavras e de intenções.

Texto extraído do livro - Mandala - Arte do conhecimento

Que possamos acessar a VERDADE que está dentro de nós!!!!

Namastê,
Amanda

Recado a Mãe Divina - Chandra Lacombe

Que está música possa acalmar a nossa alma, acolher os nossos sentimentos, abrir o nosso coração para a Grande Mãe Divina que sempre está ao nosso lado!



Namastê!

Beijos
Amanda

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Poesias da Dança

Hoje, fazendo uma faxina nas minhas pastas, encontrei umas poesias que costumo fazer quando vou dançar! Gostaria de compartilhar com vocês!

Abaixo estão as poesias, mas fica na sua imaginação as danças ritualísticas que nem sempre são gravadas, e que só quem as assiste conhece a sensação! Se vc já assistiu a alguma compartilhe suas sensações deixando uma mensagem.

E se você quiser assistir uma dança ritualística em breve faremos um Sarau!!! Deixe seu recado com seu e-mail!


A Arte da Dança do Ventre

Através da dança entregamos o nosso corpo liberando a mente de todos os pensamentos.
Então, entram
os no ritmo da música e representamos as emoções mais puras do nosso coração
Ofertamos a alegria e o amor
Distribuimos a leveza da alma
Inspiramos a
força e a coragem
E mostramos através desta arte o nosso templo interior!

Amanda






Dança da libertação: as Taças símbolos do fogo e o Véu símbolo do ar



Ser Humano, Ser de luz, Ser Divino, Sou Eu
Nascido do ventre materno e do ovo dourado Eu Sou
O fogo desta chama brilha diante dos meus olhos e reflete os meus sentimentos das minhas profundas entranhas
A luz desta vela ilumina cada corpo e desperta a serpente que na raiz dorme e que transforma a tristeza em alegria, as dificuldades em esperança
Aos poucos vou tirando os véus que amarram o meu ser e ao vento vou libertando-os
Ao som da música me entrego antes suja pelas impurezas da vida e agora limpa
pela transformação que esta dança me traz!
É com humildade, amor e alegria é que vos ofereço!
Amanda

Olá Pessoal,

Sempre as pessoas nos ensinam algo através do olhar, das palavras, de mensagens, enfim...

Tenho uma querida amiga que é uma inspiradora de poemas e poesias... Compartilho com vcs está oração linda e libertadora!

beijos

Amanda

Oração do Portal 10.10.10

Hoje eu entrego

As dores que senti e sentirei

As incompreensões que recebi e receberei

Os percalços por que já passei e passarei

O que eu tenho consciência e o que nem sei se terei

Hoje eu confio

Que sempre fui e sempre serei amparada

Que sempre fui e serei abençoada

Que sempre fui e serei guiada

Que tenho o que preciso ter e

Que nunca me faltará nada

Hoje eu aceito

Que nada acontece por acaso

Que sempre há sentido nas coisas por que passo

Que em cada mínimo acontecimento há de Deus o traço

Mesmo que eu ache que o caminho sou só eu que faço

Hoje eu agradeço

Pela vida que me foi concedida

Pela oportunidade de tornar redimidas

As faltas e falhas cometidas

Por todas as mensagens recebidas

Por saber que é eterna a vida

Por saber-me filha e, portanto, parte,

Portando por onde eu for,

DEUS/LUZ/PAI/MÃE/AMOR

Maria Francisca

terça-feira, 14 de setembro de 2010

SETEMBRO - Programação das Aulas de Dança do Ventre Terapêutica

Venha participar!!!!

Dia 14/09 ás 20:15hrs– Os mudrás na dança do ventre.

O movimento corporal é uma comunicação não-verbal e os Mudrás são um gestos simbólicos feito com as mãos. Podemos adaptar os mudrás indianos para dança do ventre e usufruir os benefícios terapêuticos destes gestos.

Você também poderá aproveitar e criar o seu mudrá pessoal na sua dança!!!

Dia 21/09 ou 23/09 ás 20:15 hrs – Reverencia á Primavera: a dança das flores!


Vamos nos preparar para a colheita e a fertilização de nossos sonhos e projetos.

Faremos um ritual para celebrar a Primavera com cantos e muita dança, alegria e gratidão.

Tragam um vasinho pequeno de flores e uma pequena mensagem do simbolismo de sua flor. Faremos uma Mandala de flores oferecendo para o Universo e para cada pessoa do grupo.


Dia 28/09 ou 30/09 ás 20:15 hrs– Dança para Lakshimi na Índia e a Isthar no Babilônia


Lakshimi a deusa da abundância e da prosperidade. Seu símbolo é a flor de lótus simbolizando o florescimento de todas as possibilidades da vida terrena e Isthar é a Deusa da fertilidade que doa o poder de reprodução e crescimento aos campos e para todos os animais, inclusive para nós seres humanos.

Vamos juntas fazer dançar e saudar estas energias dentro de nós!


Mais Informações com Amanda: 8152-0186 ou 3873-5396

www.dancaterapeutica.blogspot.com


Abs
Amanda

quinta-feira, 17 de junho de 2010

ASTROJORNADA - Um caminho em busca do seu “Sol interno”


Um caminho em busca do seu “Sol interno”

Todos carregamos em nosso interior um brilho intenso que nos faz viver a cada dia. Este brilho é a chama do nosso o “sol interno”, ou seja, da nossa essência divina que sempre devemos manter acessa, trazendo para nossa consciência quem realmente somos.

Por vezes, nos perguntamos: Quem realmente sou? Por que reajo desta maneira em determinadas situações? Por que ainda mantenho padrões de comportamentos negativos, mesmo buscando o autoconhecimento? Por que às vezes me sinto exausto, não conseguindo direcionar melhor a minha energia?

Estas perguntas podem ser melhor compreendidas por informações astrológicas que nos fazem entender como as energias do cosmo - o SOL, a LUA e os planetas interferem em nossa personalidade, nas nossas escolhas profissionais, na maneira de lidar com os nossos relacionamentos, na nossa auto-estima e na nossa compreensão espiritual.

A astróloga e psicanalista Camila Colaneri em parceria com a fisioterapeuta e terapeuta corporal Amanda F. Jardim Pedroti mostrarão neste curso um novo caminho para ativar a busca pelo encontro consigo mesmo, melhor compreendendo os aspectos positivos e negativos de sua personalidade e integrando-os aos seus objetivos de vida.

Por meio da compreensão teórica e das vivências corporais, você participará de uma jornada repleta de descobertas reconfortantes e enriquecedoras.


MODÚLO 1: O CAMINHO DO EQUILÍBRIO EMOCIONAL E AFETIVO

Data: 17 de julho 2010

Local: R. Cotoxó, 321- Pedizes-SP

Horário: das 9:00h às 12:45h

Módulo 1 - Teoria e prática - LUA e Vênus

- Como interagimos com nosso instinto, experiências do passado e padrões emocionais;

- Consciência e compreensão das nossas emoções;

- O que realmente desejamos, o que nos dá prazer, o que valorizamos;

- Reencontro com a nossa auto-estima;

- Como melhor lidar com nossos relacionamentos.


MÓDULO 2: O CAMINHO DA AUTO-ESTIMA E DOS RELACIONAMENTOS

Data: 14 de agosto 2010

Local: R. Cotoxó, 321—Perdizes –SP

Horário: das 9:00 às 12:45h

Módulo 2 - Teoria e prática - Sol e Marte

- Como desenvolver o nosso auto-valor;

- Quem somos e como elaborar esta auto-identificação;

- Como tomamos as rédeas de nossa própria vida;

- Consciência na dinâmica da relação com o outro,

- Um caminho com mais luz e sabedoria.


Informações para inscrições e formas de pagamento:


Amanda - (11) 8152 - 0186 - amandafjp@yahoo.com.br

Camila - (11) 9178 - 4162 - camila@camilacolaneri.com.br


Os módulos são independentes, porém complementares.


BRINDE:

10% na leitura de mapa astral e

10% de desconto na primeira mensalidade das aulas de dança do ventre terapêutica.






segunda-feira, 14 de junho de 2010

Dom x Talento x Vocação

A primeira é DOM (do latim donu), que significa presente, dádiva. É algo inato, que nasce com a pessoa. É aquele “algo especial” que lhe permite realizar uma determinada tarefa com extrema facilidade.

Para os antigos romanos, cada ser humano nasce com um dom, uma determinada capacidade que lhe foi ofertada por Deus, um presente divino.

A segunda palavra é TALENTO (do latim talentum; do grego tálanton). Na Grécia Antiga, tálanton era uma moeda de ouro ou prata e também uma medida de peso. O talento era a moeda dos tempos de Jesus, o Cristo. E foi através de uma de suas parábolas, descrita no evangelho de Mateus (Mt 25:14-30) que talento passou a significar uma habilidade humana.

O talento, como habilidade humana, é desenvolvido através de treino, determinação, persistência, disciplina, obstinação, etc. É pelo talento que aprimoramos o nosso dom, tornando-nos capazes de realizar tarefas que, além de trazer resultados, nos tornarão distintos, diferentes, não-ordinários, extraordinários.

A terceira palavra é VOCAÇÃO (do latim vocare), que significa chamamento, ato de chamar.

É aquela voz interior, que vem da alma. É a voz que nos diz o devemos fazer: a que nos ajuda a tomar a decisão mais acertada (intuição); a que faz com que sintamos prazer em realizar determinada tarefa e, enquanto a fazemos, ela se torna fácil, por mais árdua que seja.

“Põe toda a tua alma, põe todo o teu corpo, naquilo que estás fazendo agora”, diz um ditado hindu. Quem segue sua vocação está sempre feliz com o que faz, pois encontrou significado para a sua atividade.

Quem segue sua vocação, não trabalha, se diverte, pois encontrou a razão, o significado, para tal. Quem segue sua vocação, tem sempre um brilho no olhar, desde o início até o fim de seu trabalho, nunca está cansado, está sempre disposto física e mentalmente. Quem segue sua vocação, renuncia a muitas coisas para ser feliz. Como Sidarta Gautama, o Buda, um príncipe que renunciou a toda a sua riqueza para divulgar suas idéias e sua filosofia de vida.

Quem segue sua vocação, está sempre auto-motivado e tem energia para vencer e superar os mais difíceis desafios. Enfim, quem segue sua vocação, descobre, pelo auto-conhecimento, sua missão de vida.

Quem faz o que gosta, o que lhe dá prazer, tem a tendência de fazer cada vez melhor, de obter melhores resultados e ser cada vez mais reconhecido.

A pessoa certa, no lugar certo e na hora certa, que escuta sua voz interior, escuta o chamamento da sua alma, é aquela que se torna a pessoa certa, no lugar certo, na hora certa e com a razão certa.


Compartilho com vocês este poema que uma querida aluna disponibiliza para que possamos refletir e quem sabe encontrarmos dentro de nós o DOM e a VOCAÇÃO, para em seguida aprimorarmos os nossos TALENTOS!

"Há momentos em que o silêncio impera

há momentos em que a gratidão se impõe.
O burburinho lá fora é mero pano de fundo,
moldura para o que a mente encerra:
pensamentos quais libélulas transparentes,
cintilantes, a pousar tão docemente
aqui e acolá sem se fixar definitivamente.
Assim pode ser o meditar:
deixar as libélulas-pensamentos livres para voar,
não tentar prendê-las, só observar."
(em sintonia de CURA) - (10/05/10)

abraços
Amanda

MANTRA CORPORAL com os FLORAIS DE BACH

Como já me referi, as aulas de dança do ventre terapêuticas são totalmente diferentes porque a cada semana eu tenho uma inspiração diferente para desenvolver o TEMA daquela aula.

Neste dia resolvi trabalhar com as cartas dos FLORAIS de BACH. Gosto muito das alunas fazerem uma reflexão sobre a flor que elas procuram espalhadas no chão ou até mesmo tiram aleatoriamente.

Depois de uma meditação ao encontro de sua flor cada uma buscou no chão a flor que visualizou ou parecida.

Em grupos de 2 ou 3 pessoas, elas se juntaram e cada uma trouxe uma frase de sua flor que mais chamou a atenção. Da união de 2 frases de cada flor surgiu uma terceira frase que seria o MANTRA daquele grupo. Este mantra deveria ser expressado corporalmente através dos movimentos da dança, formando assim o MANTRA CORPORAL.

Infelizmente, não pude filmar a dança de cada grupo, porque este é um trabalho terapêutico e devemos mantê-lo em sigilo, uma vez que estamos trabalhando a cura de cada pessoa.

Mas vocês podem apreciar as frases criativas que surgiram:

IMPATIENS + ASPEN

Impatiens é a flor do passado. pertence ao grupo da solidão, ligado ao chackra da coroa. Trabalha a moderação dos pensamentos e atitudes. Compreendem e aceitam o ritmo de cada um.

Aspen é a flor do pressentimento. Está flor pertence ao grupo do MEDO, e está ligada ao chackra do plexo solar. Ela trabalha os contatos com os planos mais sutis da consciência e o despertar da intuição.

Frase do GRUPO:
"Cada acontecimento tem a sua hora, eu decido ouvir o meu interior e peço proteção para o meu EU Superior".


CHERRY PLUM + RED CHESTNUT

Cherry Plum - pertence ao grupo do MEDO e está ligada ao chackra do plexo solar. Trabalha a no subconsciente e na abertura da intuição e, com isso, passar pelos períodos de crise sem se deixar abater.

Red Chestnut - pertence ao grupo do MEDO e está ligada ao chackra do plexo solar. Trabalha a mente calma e os pensamentos de cura para as pessoas e o desapego.

"Eu me entrego ás instruções do meu Eu Superior, respeitando os limites do Eu superior do outro."

GORSE + CERATO

Estas duas flores pertecem ao grupo da INDECISÃO e trabalham o chackra laríngeo.

Gorse é a flor da esperança. Trabalha uma nova esperança de cura e convencem-se de que tudo acabará bem.

Cerato é a flor da Intuição. Trabalha a segurança e a confiança na sua própria opinião, acreditando no seu próprio julgamento.


Na união das duas flores surgiu esta frase no grupo:

"Conecto com meu eu interior e abro para a vida aceitando as oportunidades que ela me oferece."

Acho que estas frases servem como mantras para uma reflexão e meditação. Veja qual dupla de flores você se encaixa e tente meditar este mantra...
Se quiser fazer seu mantra corporal, você será bem-vinda em nossas aulas!

Turmas Abertas;

Terças ou Quintas ás 20:15hrs, na Rua Cotoxó - Perdizes

Beijos
Amanda

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Escolhas!

Olá Pessoal,
O tema de nossa aula da semana foi: Escolhas e Criatividade... através da dança escolhemos nossos movimentos e criamos nossa sequência e por fim demos um nome a nossa obra de arte!
Interessante foi observar nas alunas como suas escolhas e criatividades durante a dança resultaram na mesma maneira de pensar e agir no atual momento de suas vidas!
Espero que todas tenham aproveitado esta terapia através da dança para refletir nas suas escolhas, tirando delas o melhor!
Aqui vai um textinho que escrevi para que possamos juntas refletir! Espero que vocês gostem! Deixe seu comentário, ele também é muito importante para complementar as nossas idéias!!!

"Todos os dias nos deparamos com as escolhas!
Ao acordar temos que escolher a roupa em que vamos vestir, o que vamos comer, o que vamos fazer, e o mais importante como vamos agir...Na maior parte das vezes, essas escolhas são inconscientes... mas temos que ter em mente que mesmo na inconsciência dos fatos é que atraímos os diversos problemas físicos, mentais, emocionais e espirituais para nós. Se escolhemos um café da manhã com muitos carboidratos, doces, sem vitaminas... estamos escolhendo com certeza engordar, ou aumentar a taxa de glicemia ou colesterol. Se a hora do jantar escolhemos comer e assistir Tv estamos escolhendo não prestar atenção nos alimentos e absorver emocionalmente as energias dos comentários televisivos. Se estamos no trânsito e algum motorista te dá uma fechada e buzinada, você escolhe xingá-lo tb e ficar muito irritada ou apenas pensar que ele está desequilibrado e não entrar na sua energia.

Todos os dias escolhemos algo para nós, desde as coisas mais simples até as mais complexas, como a escolha de um ou dois empregos, uma parceira no trabalho ou no relacionamento, uma mudança de cidade, estado ou país, a compra de um imóvel ou de um carro, ter ou não ter filhos, casar ou morar sozinha, enfim.... inúmeras escolhas que temos que fazer na vida...

Toda escolha nos exige uma atitude consciente e a firmeza em assumir a melhor maneira pela qual encararemos os fatos, sejam eles fáceis ou difícieis, para melhor aproveitarmos as experiências daquele momento.

Quando escolhemos algo, devemos nos abrir para a energia da criatividade, pois todo ser humano já nasce com esta energia criativa e é ela que abastece a nossa vida.

No processo da criatividade também devemos ser responsáveis e conscientes por nossas criações, pois elas podem ser uma obra de arte, vinda de nossa alma ou uma obra da carne, vinda do nosso ego.

Pensemos bem em nossas escolhas, desde as mais simples até as mais complexas e sejamos conscientes e responsáveis por elas! Deixemos a criatividade surgir para que possamos aproveitar as nossas experiências com sabedoria e leveza!

Abraços,
Boa semana,
Amanda

terça-feira, 11 de maio de 2010

Inspiração através da carta MANDALA da Experiência



Olá Pessoal,

Semana passada, numa das turmas de dança do ventre terapêutica, tiramos uma cartinha do oráculo Mandala para fazermos uma meditação e reflexão baseado na palavra referente àquela carta. Eu tirei a mandala da experiência.
Na meditação tive bem a clareza do que aquela carta significava para mim e gostaria de compartilhar com vocês a mensagem....

"Em cada viagem que você faz você geralmente traz uma lembrançinha da cidade que visitou. Em cada momento de sua vida, você adquiri uma nova experiência seja através dos seus estudos, dos seus atos, de suas palavras, ou de suas ações.
Imagine que você está numa estação de trem e atrás das costas você carrega uma mochila cheia de seus pertences. Seus pertences são as experiências que você vem acumulando durante toda a sua vida. Se sua mochila ficar cheia, você compra outra para colocar seus pertences e suas lembranças, da mesma forma as experiências que você aquiri pela sua caminhada na vida. Em cada fase uma nova experiência e em cada experiência uma nova pessoa você si torna.
Porém, muitas vezes achamos que já temos muitas experiências e queremos colocar em prática o que aprendemos e vivenciamos. Normalmente isso acontece no profissional, quantas pessoas se sentem prontas para atuar no mercado de trabalho, com faculdade, pós-gradução, cursos, MBAs e ao mesmo tempo ainda se sentem perdidos, sem reconhecimento profissional ou pessoal.
Uma vez que estamos numa estação de trem com a mochila pronta e cheia de experiências acumuladas, devemos ter paciência para esperar o nosso trem chegar, ou seja devemos ter paciência para esperar o momento certo onde as portas se abrirão e veremos um momento oportuno para colocar em prática os nossos conhecimentos.
Enquanto você espera seu trem chegar, aproveite para desfrutar da uma boa leitura, para observar as pessoas ao seu redor, para oferecer ajuda aos que precisam, para apenas dialogar uma pessoa ao seu lado ou mesmo para viver o momento presente.
Quando seu trem chegar saiba que você irá para um novo destino, embora desconhecido porém, com novas experiências e aprendizados que sempre serão adquiridas em cada nova estação!
Traga de cada nova viagem uma pitada de paciência e um punhado de compreenção."

Ao ler no livro o que significava a minha carta, me defrontei com a seguinte afirmação:
"As sementes vingaram e os frutos amadureceram, você pode esperar uma boa colheita e uma fase de compreensão e de luz"
Fazendo uma analogia com minha meditação:
"O trem chegará e você partirá bem feliz, espere pacientemente seu vagão e uma nova viagem você fará com paz e alegria."

Um grande abraço e uma Boa semana à todos!

Amanda

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Equilíbrio entre a energia feminina e masculina

Primeiramente o que é energia feminina e masculina?

Quando falamos nestas energias lembramos muito do símbolo chinês yin e yang que significam duas forças complementares que compõem tudo o que existe, e do equilíbrio dinâmico entre elas surge todo movimento e mutação.

Simbolizam o equilíbrio das forças da natureza, da mente e do corpo físico. Yin e Yang são conceitos da filosofia chinesa que representam o princípio da dualidade e equilíbrio de forças opostas em todas as coisas.

Dizemos que:

YIN - É a energia feminina, passiva, a lua, a noite, o inverno, círculo, sombrio. YANG - É a energia masculina, ativa, o sol, o dia, o verão, a linha reta, claro,
O Yang, o poder criador é associado ao céu e ao Sol, enquanto o Yin corresponde à terra, ao receptivo, feminino e à Lua. O céu está acima e esta cheio de movimento. A terra - na antiga concepção geocêntrica - está em baixo e em repouso. Dessa forma, yin passou a simbolizar o repouso e yang, o movimento.
No reino do pensamento, yin é a mente intuitiva, feminina e complexa, ao passo que yang é o intelecto masculino,racional e claro. Yin é a tranqüilidade contemplativa do sábio, yang a vigorosa ação criativa do rei. Os dois pontos do diagrama simbolizam a idéia de que toda vez que cada uma das forças atinge seu ponto extremo, manifesta dentro de si a semente de seu oposto.
O yin e o yang são como uma vela. O yin representa a cera da vela. A chama representa o yang. O yin (a cera) nutre e apoia o yang (a chama). A chama precisa da cera para sua existência. O yang consome o yin e, no processo, ilumina brilhantemente. Quando a cera (yin) acaba, a chama também acaba.

Assim, o yin e o yang dependem cada um do outro para a existência deles. Não podem subsistir um sem o outro.

O corpo, a mente e as emoções estão sujeitos às influências de yin e yang. Quando as duas forças adversárias estão em equilíbrio nos sentimos bem, mas se uma força dominar a outra se provoca um desequilíbrio que pode resultar em doença.
Todos temos nosso lado YIN e nosso lado YANG; não há noite sem dia, ódio sem amor e homem sem mulher.

As mulheres são essencialmente YIN, mas todas trazem em si um lado masculino, que é YANG; umas mais e outras menos. Os homens são mais YANG, mas todos trazem em si um lado feminino que é YIN; uns mais e outros menos. Em nossos corpos e temperamentos espelham-se os nossos predomínios YIN e YANG, que podem variar durante a vida.

Na DVT (dança do ventre terapêutica) buscamos primeiro entender qual é a energia predominante no momento. Os movimentos redondos, ondulatórios e lentos são de característica yin e os movimentos de linhas retas, vibratórios e mais rápidos são de característica yang.

Se durante os movimentos yin surge um desconforto físico ou emocional, podemos pensar que naquele momento está difícil introspectar, ou que a pessoa está mais agitada, trabalhando muito, com a mente mais inquieta. O contrário, seria o desconforto nos movimentos Yang, e a pessoa poderia estar mais apática, deprimida, sem energia para enfrentar os problemas da vida, ou sem vitalidade.

O mais importante no processo terapêutico da dança não é diagnosticar se a pessoa está mais yin ou yang e sim deixar a praticante ir sentindo suas emoções e sentimentos que podem surgir durante os movimentos da dança e trazer para sua consciência as suas próprias percepções. O professor/terapeuta neste momento é apenas um guia que pode ajudar a pessoa a entrar em contato com seu corpo e suas emoções.

A partir do momento em que a própria pessoa identifica a energia yin ou yang correspondente àquele momento de vida é que se inicia o processo de entendimento e equilíbrio das duas polaridades.

O que costumo perceber neste meu trabalho é que as mulheres são essencialmente yin, como que já foi dito, porém estão adquirindo uma postura mais yang por conta da batalha pelo seu reconhecimento profissional, pela luta em assumir e sustentar financeiramente uma família ou filhos, e com isso as mulheres modernas acabam se desconectanto da energia yin, que vai gerar em algum momento de sua vida um conflito. Geralmente, este conflito surge no momento em que se casa, ou tem filhos, ou tem que cuidar e administrar a casa, o marido, etc.

Percebo que ainda estamos engatinhando no processo de equilíbrio da mulher entre a energia masculina e feminina, pois desbravamos com unhas e dentes o nosso lado independente e autônomo, e que muitas vezes não enxergamos saída para voltar o nosso olhar para a doçura e o encantamento da maternagem, da vida a dois com mais sensualidade e feminilidade, dos cuidados da casa com tranqüilidade e leveza.

Porém, vejo que muitas mulheres já estão na busca do equilíbrio destas duas energias e com certeza este é o início do nosso caminho de paz, tranqüilidade, e enfim a plenitude.


Abraços carinhosos,
Amanda


Ps: Se você gostou de saber mais sobre a energia feminina e masculina, deixe seu recado, comentário ou sugestão...

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Depoimento de uma aluna

Acho interessante as pessoas conhecerem um pouco mais do meu trabalho não só através das minhas experiências, mas também das pessoas que frequentam às aulas.

Então, leiam logo abaixo um depoimento de uma aluna querida.... beijos! Amanda

"Há dois anos começei a fazer as aulas de dança do ventre terapêutica e logo de início avisei a Amanda que seria uma tentativa, das mais duras pra mim, já que meus esportes preferidos eram capoeira, boxe e natação.... porém, percebi que aos 32 anos eu precisava de mais leveza no corpo e na vida.
Jamais podia me imaginar dançando algo tão leve e sensual, logo Amanda topou o desafio e, no meu tempo fui aprendendo os movimentos através da percepção corporal e da tranquilidade na respiraçao.
No final do ano, ela propôs que cada aluna escolhesse uma das músicas trabalhadas ao longo do ano e ensaiasse uma apresentação. Nossa que medo me deu! Em casa, começei a dançar sem compromisso enquanto ouvia cada uma das músicas. Não consegui montar numa coreografia, e no dia da apresentação, quando eu pensava em desistir todas as alunas me incentivaram e lá fui eu....quando a musica terminou eu nem acreditei que havia dançado inteirinha, com prazer e leveza!
Hoje sinto-me mais feminina, mais leve, com mais graça e relaxada. A cada aula um novo aprendizado alegre.
Coragem! Desejo que muitas mulheres possam ter a oportunidade de frequentar as aulas de dança do ventre terapêutica, para sentir o prazer do seu corpo fluindo com a batida da música em cada momento num ritmo diferente!
Obrigada Amanda querida! Obrigada por me ajudar a encontrar uma mulher tão bela, segura e maleável dentro de mim.
Para mim, a dança do ventre terapêutica possibilitou integrar corpo e mente ao movimento que podemos ter na vida"
Grande abraço,
A.A - 33 anos - Psicóloga e Reikiana

quarta-feira, 17 de março de 2010

Retorno das Aulas

Olá Pessoal!

Depois de 7 meses, me dedicando 24hrs para a energia de Deméter (mãe), estou me programando para retornar ás aulas de dança do ventre terapêutica e viver um pouco mais da minha Artémis (guerreira e individualidade) e também a nossa querida AFRODITE (amor e sensualidade)!

Viver intensamente a energia da Mãe Deméter está sendo algo incrível e de muita grandeza!

Ser mãe é algo por vezes inexplicável, uma mistura de sentimentos e emoções que se entrelaçam e que ao mesmo tempo só vibra em amor ao pequenino que nasceu de dentro de você.

Quando penso nisso, vejo que é muito louco e ao mesmo tempo tão sublime!

Viver a energia da Deusa Deméter é sair do egoismo, é uma forma totalmente dedicada e generosa de doação: primeiro do seu corpo, que é emprestado para um ser crescer e se desenvolver intraútero e depois da sua vida, tendo uma dedicação exclusiva e intensa com aquele ser que acabou de nascer. E neste meio tempo é que você descobre o significado de ser mãe!

Porém, dentro de nós não só vibra a energia de Deméter e sim de outras deusas como Artémis (individulaidade e guerreira), Afrodite(amor, fertilidade), Hera, entre outras. Equilibrar estas energias e assumí-las num determinado momento da vida é que faz da mulher um ser mais feliz. As energias se misturam todo o tempo e acabam confundindo nossa mente e o nosso coração.
Trabalhar cada energia dentro de si e vivenciá-la com amor e equilíbrio é o que todas mulherem buscam em um determinado momneto da vida!

Convido a todas a descobrir qual energia da deusa que você vivencia neste momento: Deméter, Artémis, Afrodite através deste trabalho corporal com a dança do ventre terapêutica!!!

Turmas Abertas:
terças ás 20:15 hrs
quintas ás 20:15 hrs

Interessadas enviar um e-mail para amandafjp@yahoo.com.br ou
ligar para 3873 5396/8152 0186 falar com Amanda.

Início das aulas: dia 06 e 08 de abril de 2010

Participe de uma aula experimental!!!

Abraços!
Ocorreu um erro neste gadget